Desempenho dos edifícios

Desempenho dos edifícios

Como se preparar para a volta às atividades em tempos de pandemia de novo coronavírus

Cuidados com a segurança e qualidade do sistema de distribuição de águas de edifícios comerciais

Em várias cidades brasileiras já está acontecendo o retorno das atividades comerciais e administrativas. A Abrinstal, preocupada com a situação da pandemia do coronavírus e focada na sua missão de disseminar as melhores práticas para o setor de instalações prediais, nessa situação tão deliciada, fez uma tradução livre de um documento que recebeu do governo da Nova Zelândia, sobre a preparação necessária para o retorno das atividades.

É fundamental garantir a segurança e a qualidade dos sistemas de distribuição de água dos edifícios comerciais e administrativos, antes de sua ocupação, pois a água deixada nos canos pode apresentar alguma alteração em relação à sua qualidade.

Água parada

Quando a água fica parada na rede de distribuição de um determinado prédio, por um longo período, pode apresentar gosto ruim, cheio desagradável ou mesmo deixar de ser incolor. Esses fatores podem indicar crescimento bacteriológico e corrosão do tubo.

A água parada pode resultar no crescimento acelerado de muitos microorganismos e patógenos, como Legionella, que podem causar danos aos ocupantes do edifício. Também é possível que a água apresente quantidades excessivas de metais pesados.

Recomenda-se que o gerente de operações do edifício, representante de manutenção ou um profissional de instalações garanta que o suprimento de água do edifício seja completamente lavado antes da ocupação.

Lave o sistema de água antes da reabertura do edifício

Descarte toda a água que estiver nos canos (por exemplo: chuveiros, pias, banheiros, descargas). Os procedimentos de descarga variam de acordo com o edifício e podem precisar ocorrer por seções (por exemplo: andares ou salas individuais) devido ao tipo de instalação e à pressão da água.

Exemplo de procedimento para liberar o sistema de abastecimento de água do edifício

  1. Remova os aeradores das torneiras, os filtros de ponto de uso e as mangueiras de chuveiro sempre que possível. Sua remoção permitirá que a vazão da água seja mais rápida e vai limitar a quantidade de sedimentos presos durante a lavagem.
  2. Abra todas as saídas de água fria simultaneamente para tirar toda a água que estava nos canos, ou descarte a água de todas as saídas individualmente, começando pela parte de entrada da água no edifício, seguindo o caminho feito pelas instalações até a saída mais distante. Lave toda a tubulação de água fria primeiro e depois a água quente.
  3. Deixe correr água suficiente em todas as saídas para substituir toda a água dentro da tubulação do edifício. A duração necessária varia com base no volume e na saída da tubulação.
  4. Substitua todos os arejadores e filtros de ponto de uso e as mangueiras de chuveiro.

Considerações adicionais

Grelhas de piso

Se o edifício tiver grelhas no piso, despeje água no dreno para impedir a entrada de gases do esgoto no edifício.

Serviços de construção (sistemas de climatização / incêndio / elétrico / gás etc.)

Cada edifício é diferente e depende do nível em que foi fechado antes do bloqueio. Pode ser necessária a realização trabalho adicional para garantir que os prédios estejam em segurança para o recomissionamento antes da ocupação. Recomenda-se que os gerentes de operação entrem em contato com os fornecedores de manutenção adequados para garantir que os prédios estejam em segurança, devidamente recomissionados antes da ocupação, quando necessário.

Nenhum comentário

Adicione seu comentário