Dez/2018
Indústria tem que ser competitiva para país avançar
Para o setor industrial ser mais competitivo, terá que ser eficiente no consumo de energia

Para a Superintendente de Eficiência Energética do Procel, Renata Leite Falcão, exemplos como esse da Ternium são importantes para estimular que outras indústrias sigam o caminho da eficiência energética. O Brasil vai voltar a crescer e para isso precisa de uma indústria competitiva, que passa por ser eficiente em relação à energia. Isso é muito importante para o país", conta Renata.

A Eletrobras, via Procel, e a Abrinstal foram as realizadoras do evento que reuniu mais de 80 pessoas, na FIESP. O Fórum é uma das ações do convênio Eletrobras-Procel & Abrinstal, que foi firmado este ano e que visa apoiar, divulgar e planejar atividades de normalização ligadas à gestão e economia de energia.

O Procel conta com orçamento aproximado de R$ 135 milhões/ano para investir em projetos de eficiência energética. "Eventos como esse ajudam a divulgar o que está sendo feito nessa área e a fomentar as discussões", disse Renata.

Acesse a íntegra do boletim


 
Abrinstal - Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência de Instalações