EVENTOS
 

4º Workshop Instalações Hidro-Sanitárias - Qualinstal
28/09/2016


Gestão, conservação e utilização adequada de água de reúso e a qualidade das instalações foram debatidas em evento da Abrinstal
Workshop reuniu especialistas no tema, representantes de instaladoras, construtoras, projetistas, fabricantes de equipamentos e associações

São Paulo, 30 de setembro - Como utilizar corretamente a água de reuso? Qual a importância de fazer a gestão de água? É relevante para a construtora o selo de qualidade nas instalações hidráulicas? Para buscar respostas à essas questões, representantes de empresas, associações e especialistas no assunto estiveram reunidos na manhã do último dia 28 de setembro, no 4ª Workshop Técnico das Empresas Instaladoras de Redes Hidro-sanitárias e de Águas Pluviais - Qualinstal, realizado pela Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência de Instalações - Abrinstal, na Fiesp, em São Paulo.

"A gestão da água é um tema de fundamental importância em todo o mundo e começa a ganhar maior relevância no Brasil. Ela impacta diretamente na vida de milhões de pessoas e está relacionada com saúde pública, é essencial para a vida e, também é um negócio que precisa ser desenvolvido com muita responsabilidade e oferecer segurança para o usuário", afirma o diretor executivo da Abrinstal, Alberto Fossa.

Fossa, que é o representante do Brasil, na WPC (World Plumbing Council - Conselho Mundial de Instalações Hidráulicas), fará a interlocução com especialistas nesse tema de todo o mundo e atuará no sentido de inserir o Brasil nos debates mundiais e de trazer experiências positivas de outro países para serem aplicadas no país. "Na área de reuso e conservação de água, por exemplo, a Austrália tem trabalhos desde os anos de 1980. Enquanto no Brasil, as discussões de normas para esse tema está no início. Vamos conhecer as experiências que deram certo em outros cantos do mundo", disse o diretor executivo.

O SindusconSP, que teve representante no workshop, está empenhado no avanço de duas normas técnicas relativas ao tema, a que trata da conservação de água em edificações e a do uso de fontes alternativas de água não potável em edifícios. Para Lilian Sarrouf, coordenadora técnica do Comitê de Meio Ambiente do SindusconSP, é urgente a elaboração de normas porque já estão sendo realizados diversos sistemas de conservação e uso de fontes alternativas de água, sem nenhuma norma estabelecidas de como isso deve ser feito. "O risco de contaminação é alto, por isso precisamos ter normas. E urgente, principalmente porque os projetos estão sendo feitos e os municípios estão fazendo leis obrigando água de reuso. Sem ter normas para definir como isso deve ser feito, fica muito perigoso", declara Lilian.

Para a diretora técnica da Infinitytech, Virginia Sodré, o tema de normas para o reuso da água é urgente e ganhou mais importância devido à crise hídrica vivida em 2014 e 2015. "Muitas pessoas passaram a armazenar água e procurar utilizá-la de forma mais racional, mas é preciso cuidado para não utilizar água contaminada e também com a dengue. Não pode deixar água parada, de qualquer jeito. É preciso saber armazenar. Guardar a água utilizada na máquina de lavar roupa também é um risco, pois ela pode conter resíduos de sangue, fezes e pode ser fonte de contaminação", afirma Virgínia.

O tema de reuso da água vem ganhando cada vez mais visibilidade, principalmente devido à crescente escassez do produtos em várias regiões do país. "Precisamos de regras para normatizar o reuso e conservação da água, é um assunto de saúde pública, que precisa ser tratado com toda seriedade", declara Virgínia.

Qualinstal

Há dois anos, a construtora Tecnisa é certificada pelo selo Qualinstal - Selo de Qualidade das Instalações - no segmento hidráulico e vem percebendo benefícios em suas obras com a melhoria do serviço prestado, na gestão e integração, aperfeiçoamento técnico e diminuição de problemas. Agora a Tecnisa está trabalhando para mensurar quanto está reduzindo os custos no pós-obra.
"Num mundo cada vez mais competitivo é importante medir o retorno que temos com o uso de determinada ferramenta. De 18 obras pesquisadas internamente, as que tiveram os menos índices de chamados relativos à parte hidráulica, tinham o selo Qualinstal. É uma forte tendência de bons resultados. Agora queremos medir economicamente quanto isso representa na redução de custos", disse o gerente de Operações de Engenharia da Tecnisa, Marcelo Matsusato.

Mais informações para a imprensa:
Comunicação da Abrinstal
Suzy Gasparini - tel: 11 9 7171 8023
comunicacao@abrinstal.org.br

Download Apresentações:

Resultados Alcançados com a Certificação Qualinstal - Tecnisa
Gestão e Sustentabilidade de Água - Projeto de Fomento e Difusão 2016 -2017 - Abrinstal
Norma de reuso da água - Sinduscon
Uso racional da água - Sinduscon

Fotos:

Banner evento Mesa Abertura Mesa Abertura
Maria Luisa Passerini - ABRASIP
Mesa Abertura
Claudio Goldstein - SINDUSCON-SP
Mesa Abertura
Leo Fábio
ABRINSTAL/SINDINSTALAÇÃO
Mesa 1º Bloco
Lilian Sarrouf
COMASP - SINDUSCON-SP
Virgínia Sodré
Infinitytech
Mesa 2º Bloco
Alberto José Fossa
ABRINSTAL
Marcelo Matsusato
Tecnisa
Publico

Acesse a programação original do evento.



 
Abrinstal - Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência de Instalações