NOTÍCIAS
 
Hospitais federais do Rio reduzem em R$ 1,25 milhão o custo com a conta de luz
13/4/2018

Os hospitais federais da Lagoa (HFL) e do Andaraí (HFA), no Rio de Janeiro, começam a realizar ações de eficiência energética que diminuirão em R$ 1,25 milhão por ano os gastos com eletricidade. As principais medidas são a instalação de uma miniusina fotovoltaica em cada uma das unidades para a geração de energia com paineis solares e a troca de lâmpadas fluorescentes por lâmpadas LED.

A economia prevista com a implantação desses projetos é de aproximadamente 12% nos gastos anuais com energia elétrica nos dois hospitais – R$ 672 mil no caso do HFA e R$ 576 mil anuais no HFL. O valor economizado será revertido para ações de assistência à população.

“A energia elétrica é imprescindível para o bom funcionamento dos nossos serviços. Com o projeto, a tendência é racionalizar e economizar, revertendo o recurso que seria gasto com energia para comprar mais materiais e insumos para o hospital”, ressalta a diretora do HFA, Maria Lucia Feitosa.

As ações para um consumo mais consciente de energia foram desenvolvidas por Empresas de Serviços de Energia (ESCOs) para a 4ª Chamada Pública de Projetos de Eficiência Energética (CPP) da Light, distribuidora de energia do estado do Rio de Janeiro. A chamada faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), do qual participam empresas públicas e privadas de todo o país.

Os dois hospitais federais estão entre as sete instituições públicas selecionadas nas duas primeiras fases do programa. A chamada final será divulgada em abril, após a visita da Light às instituições para autorizar o início das ações. Os projetos serão implementados pelas equipes de infraestrutura das unidades e pelas ESCOs que os desenvolveram, pagas diretamente pela distribuidora de energia.

“Participar deste projeto é um trajeto que assumimos com vontade e será um incentivo à economia de energia. Além disso, a nova tecnologia traz mais qualidade na geração de energia elétrica, que hoje é tão importante para a sociedade e o meio ambiente”, reforça o diretor do HFL, Pedro Cirillo.

* Com informações do Ministério da Saúde

Fonte: ProcelInfo

 

Notícias anteriores

 
Abrinstal - Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência de Instalações