Projetos

Building’s Installations Performance – BIP – Sistema de Avaliação da Conformidade de Empresas e Instalações – SiAC Instalações
(2003 à 2019)

Saiba mais...

São objetivos permanentes do projeto BIP:

  • Aumentar o nível de desempenho das instalações prediais;
  • Diminuir as não conformidades (patologias) na execução das instalações;
  • Incrementar a produtividade e otimização dos serviços realizados;
  • Atender a normalização e regulamentação técnica aplicável;
  • Melhorar a adequação e utilização de projetos de instalações;
  • Monitorar a especificação e aplicação de produtos;
  • Adequar a capacitação de mão de obra e empregabilidade do setor;
  • Promover a adoção do Selo BIP junto ao mercado.

A operacionalização do BIP é realizada através do seu Grupo de Trabalho (GT), instância gestora responsável pelo seu desenvolvimento, que executa a manutenção dos requisitos técnicos, avalia a situação de conformidade do mercado, delibera sobre ações corretivas a serem tomadas no seu âmbito, entre outras ações de comunicação, divulgação e fomento junto ao mercado.

O projeto “BIP – 2018” estabelece metas específicas para as especialidades gás, elétrica e hidráulica; nos segmentos de residencial, comercial e serviços públicos e industrial.

A cada ciclo anual são estabelecidas metas específicas para cada especialidade técnica, em conjunto com as organizações patrocinadoras do Programa. Tais metas tratam dos seguintes aspectos:

  • Comunicação com o mercado;
  • Níveis e itens de avaliação e desempenho do selo BIP;
  • Normalização e avaliação da conformidade;
  • Indicadores setoriais;
  • Interface internacional.

Patrocinadores 2019:

  • Comgás
  • Jackwal
  • Procobre
  • Ultragaz
  • Tupy
  • Tecnisa
  • Lubrizol
  • Cobrecom
  • WDB
  • Techem

Apoiadores 2019:

  • Abrava
  • Abegás
  • Sindigás
  • Projeto GLP
  • Abracopel
  • TermoH
  • ABRAFAC
  • ABNT
  • Sindratar
  • Sindinstalação
  • Secovi
  • ABRAMAT
  • IEE / USP
  • Fundação Vanzolini
  • ABRASIP
  • Senai SP
  • SindusCon-SP
Estudo e proposta de utilização de aparelhos a gás em ambientes dos novos padrões residenciais
(2018/2019)

Saiba mais...

Objetivo

Analisar a viabilidade da instalação de aparelhos a gás natural em variações arquitetônicas atuais e futuras no mercado atual da construção civil, visando atendimento de novos padrões de residências, plano diretor e código de obras do município de São Paulo.

Contemplou revisitar requisitos internacionais para a instalação de aparelhos a gás, em contraponto às regulamentações nacionais, e estabelecer modelos e/ou funções que possibilitem o entendimento do fenômeno em estudo, estabelecendo correlações entre tipos e potências de aparelhos a gás, características de ventilação do ambiente onde o(s) aparelho(s) está(ão) instalado(s), volume do ambiente, características de exaustão dos aparelhos a gás, estrutura de exaustão dos gases da combustão, entre outros aspectos.

O projeto elaborou propostas consistentes de alteração das referências normativas nacionais de forma a incorporar requisitos para atendimento das novas demandas no setor residencial para uso do gás natural, e servir como referência para a revisão da Norma ABNT NBR 13103, permitindo o estabelecimento de novos requisitos e a atualização do padrão formal vigente. Servirá como subsídio embasado para deliberações técnicas. Deverá, adicionalmente, contribuir para alterações a serem incorporadas no RIP Comgás – Regulamento de Instalações Prediais.

Meta

• Avaliar as aplicações tradicionais de aparelhos a gás como fogão e aquecedor de água
• Avaliar aplicação de novos aparelhos a gás como secadora de roupa, lareira, churrasqueira, fornos de pizza, tocheiros, etc. aplicáveis ao ambiente interno residencial;
• Avaliar aspectos de instalação de aparelhos a gás com potência superior a 70 kW que possam ser potencialmente instalados em áreas comuns de edifícios residenciais multifamiliares;
• Verificar impactos da instalação de aparelhos a gás com relação às variações arquitetônicas;
• Estabelecer modelo e/ou correlação entre variáveis que representem o fenômeno do uso do gás natural em aparelhos a gás instalados em ambientes residenciais;
• Analisar os requisitos da Norma Técnica ABNT NBR 13103 e propor revisão e ajustes;
• Validar a segurança associada ao uso de aparelhos a gás natural.

Patrocinador: Comgás

Realizadores: IEE – USP e ABRINSTAL

Aplicativo computacional (APP) para monitoramento de rede de distribuição de gás natural
(2018/2019)

Saiba mais...

Objetivo

  • Desenvolver aplicativo computacional (app) para disponibilização de informações do cadastro da rede de distribuição de gás natura da Gas Natural Fenosa (GNF) no Estado de São Paulo;
  • Disponibilizar consulta ao cadastro de rede de distribuição no âmbito da área de concessão da GNF para agentes públicos e outras partes interessadas;
  • Divulgar o app como forma de consulta rápida e prática no caso de obras que possam interferir com a rede de distribuição de gás natural.

Patrocinador: Gás Natural Fenosa (Naturgy)
Realizadores: ABRINSTAL

Masterinstal
(2006 a 2018)

Saiba mais...

O Prêmio Masterinstal é o maior evento de premiação do setor de instalações.

Seu principal objetivo é dar visibilidade e destaque ao setor de instalações valorizando iniciativas pioneiras e as melhores práticas aplicadas na direção da qualidade, conformidade e eficiência das instalações nas edificações, desenvolvidas por todos os envolvidos na cadeia setorial.

O MasterInstal é dirigido a todas as empresas e profissionais da indústria de instalações, desde o projeto até sua implementação final nas edificações, passando pelo emprego de materiais, recursos humanos, processos e utilização de equipamentos e dispositivos, além das concessionárias de serviços envolvidas na cadeia setorial.

Patrocinadores 2018:

  • Empresas concessionárias de serviços públicos, fabricantes e entidades de classe

Realizadores:

  • ABRINSTAL, Sindinstalação e Garrido Marketing
//www.premiomasterinstal.com.br/12edicao/home.asp
Auxílio à Pesquisa – Gás LP
(2015 a 2017)

Saiba mais...

O Auxílio à Pesquisa Sindigás / ABRINSTAL / IEE-USP tem como objetivo contribuir com a formação de profissionais capacitados para atuar no setor de gás LP, e de estimular a visita de pesquisadores experientes, vinculados a instituição de pesquisa do exterior ou do Brasil, ao Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo.

O Auxílio à Pesquisa para pesquisador visitante júnior e sênior destina-se a cobrir, total ou parcialmente, as despesas referentes a um período contínuo e não superior a um ano. O objetivo principal é viabilizar a participação de pesquisadores no desenvolvimento de projetos de pesquisa, em andamento ou a ponto de serem iniciados, apoiados pelo Sindigás e coordenados pela ABRINSTAL e o IEE-USP.

Através deste Auxílio à Pesquisa, o Sindigás almeja promover o desenvolvimento de atividades acadêmicas condizentes aos seus interesses, estimulando a sinergia entre a indústria, as Instituições de Ensino e os futuros especialistas do setor.

Patrocinador:

  • Sindigás

Realizadores:

  • IEE – USP e ABRINSTAL
Gestão e Economia de Energia (CT-GEE)
(2014 a 2019)

Saiba mais...

Este projeto tem o objetivo de realizar o acompanhamento das atividades de normalização e regulação associados à gestão e economia da energia no âmbito internacional, particularmente junto à ISO, bem como fomentar a disseminação de ações associadas a tais temas no cenário nacional.

O desenvolvimento das atividades previstas será coordenado pelo Grupo de Trabalho de Gestão e Economia da Energia (GT-GEE), responsável pelo atendimento dos objetivos propostos. O projeto tem por metas operacionalizar o ABTN CB 116 Comitê Brasileiro de Gestão e Economia de Energia, promover o acompanhamento e efetiva participação nos fóruns de normalização internacional, manter conexão entre as partes interessadas, identificar novas normas prioritárias e elaborar recomendações para novos trabalhos no campo normativo e regulatório, promovendo a troca de experiências e iniciativas neste setor. Busca-se assim possibilitar um contínuo debate sobre as estratégias a serem adotadas e ações que devem ser fomentadas no Brasil neste campo da normalização.

Patrocinadores 2019:

  • Procobre ICA
  • Comgás
  • Sabesp
  • Abrinstal
  • Procel/Eletrobras
  • Alubar

Realizador:

  • ABRINSTAL
O Gás LP e a Eficiência Energética – Plano Nacional de Eficiência Energética
(2014)

Saiba mais...

Este projeto tem por objetivo avançar no estabelecimento de linhas de ação efetivas para inserir e ampliar a participação do gás LP no deslocamento da eletricidade, particularmente atinentes ao uso de energia para aquecimento de água, vinculado aos programas de eficiência energética estabelecidos no Brasil.

Deve-se realizar um conjunto de atividades buscando o estabelecimento de políticas públicas vinculadas ao PNEf, dando continuidade ao relacionamento com o governo federal (através da interlocução com o MME), identificando oportunidades regulatórias de incentivo ao aquecimento de água a gás no país através da substituição da energia elétrica pelo gás LP.

Destaca-se recomendação para o estabelecimento de ações complementares de sustentação e aprimoramento do uso do gás LP nas soluções de aquecimento de água, observando-se os principais aspectos de barreiras identificados nos estudos anteriormente realizados, definindo-se pilares estratégicos associados a tais ações, quais sejam: projetos, normalização, equipamentos e instalações. Tais aspectos não serão abordados neste projeto.

As metas do projeto são:

  • Realizar estudo de impacto que sustente o estabelecimento e a adoção de estrutura regulatória que venha incentivar o aquecimento de água a gás LP em substituição à eletricidade
  • Desenvolver interface técnico – política junto ao MME para apresentação dos estudos a serem realizados, sustentação das conclusões apresentadas e desenvolvimento de ações conjuntas de implantação das políticas sugeridas

Patrocinador:

  • Sindigás

Realizadores:

  • IEE – USP
  • ABRINSTAL
Auxílio à Pesquisa – Gás LP
(2014 a 2015)

Saiba mais...

O Auxílio à Pesquisa Sindigás / ABRINSTAL / IEE-USP tem como objetivo contribuir com a formação de profissionais capacitados para atuar no setor de gás LP, e de estimular a visita de pesquisadores experientes, vinculados a instituição de pesquisa do exterior ou do Brasil, ao Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo.

O Auxílio à Pesquisa para pesquisador visitante júnior e sênior destina-se a cobrir, total ou parcialmente, as despesas referentes a um período contínuo e não superior a um ano. O objetivo principal é viabilizar a participação de pesquisadores no desenvolvimento de projetos de pesquisa, em andamento ou a ponto de serem iniciados, apoiados pelo Sindigás e coordenados pela ABRINSTAL e o IEE-USP.

Através deste Auxílio à Pesquisa, o Sindigás almeja promover o desenvolvimento de atividades acadêmicas condizentes aos seus interesses, estimulando a sinergia entre a indústria, as Instituições de Ensino e os futuros especialistas no setor.

Patrocinador:

  • Sindigás

Realizadores:

  • IEE – USP
  • ABRINSTAL
Desenvolvimento de Soluções Tecnológicas para Instalação Interna de GN em Residências Unifamiliares
(2014 a 2015)

Saiba mais...

Objetivo

Realizar um estudo técnico de soluções e padrões de projeto e execução para abrigo de medidores e rede de distribuição interna de GN em residências unifamiliares.

Meta

Como meta será desenvolvida uma especificação técnica, a qual será a ferramenta utilizada pelos profissionais que hoje atuam no desenvolvimento de projetos e execução de instalação das redes internas de gás natural em residências unifamiliares.

Outra meta prevista será desenvolver uma metodologia de cálculo de custos padrões para os serviços de instalação das redes internas de distribuição do gás natural, nesses tipos de aplicação.

A especificação técnica deve contemplar as soluções para as redes de distribuição interna em casas unifamiliares, incluindo:

  • • Detalhes dos sistemas de uso do gás natural (cocção e aquecimento de água) e sugestão para sua localização;
    • Desenhos e esquemas das alternativas para as redes de distribuição interna de gás natural;
    • Desenhos e esquemas das alternativas para instalação de medidores;
    • Modelos de planilhas de cálculo necessários para o projeto;
    • Detalhes de interligação hidráulica, no caso de sistemas de aquecimento de água; e
    • Exemplos práticos através das configurações de sistemas selecionados.

O projeto se baseará nas soluções desenvolvidas a partir dos equipamentos para cocção e aquecimento de água hoje existentes no mercado brasileiro.

Patrocinador

Gás Natural

Realizadores

IEE – USP e ABRINSTAL

Manual para Instalação de Redes Internas de Distribuição de Gás Natural e de Aparelhos a Gás Natural
(2015 a 2016)

Saiba mais...

Objetivo

Este projeto tem como objetivo desenvolver modelos de instruções operacionais de trabalho para uniformização de atividades realizadas por empresas instaladoras, baseando-se na estrutura de requisitos técnicos e de gestão do programa Qualinstal ABRINSTAL.

Os modelos de instruções operacionais devem compor um Manual de Instalações, com procedimentos padronizados para a realização de trabalho, servindo de elemento de divulgação de boas práticas de serviço.

As instruções devem ser desenvolvidas com base no conjunto de problemas mais importantes, tais como: sinalização, instalação de tubulação, processos de conexão, instalação de medidores, entre outros.

Meta

As metas do projeto são:

  • Analisar o conjunto de requisitos técnicos e de gestão presentes no programa Qualinstal;
  • Identificar atividades de risco potencial a serem padronizadas junto às empresas instaladoras;
  • Selecionar referências técnicas de apoio para boas práticas de realização dos serviços críticos;
  • Determinar mecanismos de apresentação das atividades padronizadas, de forma a facilitar seu entendimento e aplicação;
  • Estabelecer padrões de atividades que possam ser disseminadas junto ao mercado;
  • Consolidar as instruções operacionais em um Manual de Instalações;
  • Apresentar o Manual de Instalações para as empresas instaladoras e outras partes interessadas.

Patrocinador

Gás Natural

Realizadores

IEE – USP e ABRINSTAL

Workshops sobre Sistemas de Distribuição Interna de Gás Natural e Seus Usos Finais
(2015 a 2016)

Saiba mais...

Objetivo

O objetivo principal do projeto é transferir conhecimento aos profissionais da construção civil sobre o conteúdo das normas técnicas de referência do setor: ABNT NBR 15526 e ABNT NBR 13103.

Pretende-se efetuar 6 workshops de profissionais sobre os requisitos de redes de distribuição e instalação de aparelhos a gás de forma interativa e dinâmica, através de eventos de caráter formativo, de modo que estejam habilitados a conceber, projetar e executar de forma correta e segura as redes de distribuição e instalação de aparelhos a gás.

As Normas Técnicas, em suas versões mais atualizadas, e o RIP da Gas Natural Fenosa, serão documentos base para a formação do conteúdo do workshop.

Meta

As metas do projeto são:

  • Planejar e estruturar o workshop sobre projeto e instalação de redes internas de distribuição de GN e instalação de aparelhos a gás;
  • Realizar a divulgação dos workshops ao público alvo pretendido (incluindo participação de parceiros da construção civil);
  • Elaborar material para apresentação do worskhop e material didático de apoio;
  • Realizar 6 workshops de divulgação ao mercado em diferentes regiões da área de concessão da Gas Natural Fenosa (Sorocaba, Itu, Votorantim, Tatuí, Botucatu e Itapetininga).

Patrocinador

Gás Natural

Realizadores

EE – USP e ABRINSTAL

Impacto Ambiental na Substituição de Combustível Automotivo Convencional por GNV – Caso de Caminhões de Coleta de Lixo
(2015 a 2016)

Saiba mais...

Objetivo

Difundir e adaptar os conceitos de transporte sustentável para a área de concessão da “Gas Natural Fenosa”, e demonstrar como esses conceitos convergem com as estratégias de promoção de maior utilização do GNV nos sistemas de transporte urbano e rodoviário, em substituição ao óleo diesel, contribuindo para as políticas voltadas a melhoras nos setores de energia, saúde e meio ambiente. Desenvolver os conceitos de corredor azul (blue corridor) e caminhão de lixo azul (blue garbage truck). Apresentar modelos de simulação simplificados que possam embasar modelos de negócio e políticas públicas que promovam iniciativas futuras de substituição de diesel por GNV em caminhões (principalmente para coleta de lixo) na área de concessão da “Gas Natural Fenosa”.

Meta

As metas do projeto são:

  • Difundir e adaptar os conceitos modernos de transporte sustentável para as realidades da área de concessão da “Gas Natural Fenosa”;
  • Analisar o papel dos combustíveis gasosos alternativos e das tecnologias de veículos utilizados em caminhões, como foco específico naqueles voltados à coleta de lixo;
  • Desenvolver os conceitos de “blue corridor” e “blue garbage truck”, e discutir sobre as condições que sejam adaptáveis às realidades da “Gas Natural Fenosa”;
  • Pesquisar na literatura experiências internacionais e nacionais de outras cidades que tenham adotado o GNV (eventualmente em soluções híbridas com o biogás) como “combustível alternativo”, com viés de “transporte sustentável”, em caminhões, particularmente aplicável à coleta de lixo;
  • Desenvolver modelos de simulação para tratamento do consumo de combustíveis, das emissões de gases, e das vantagens econômicas, bem como de sua relação com efeitos ambientais e sociais associados aos conceitos de blue corridor e blue garbage truck;
  • A partir dos modelos desenvolvidos, analisar possíveis estratégias de negócio e de política pública, que possam promover o papel do GNV (e/ou do biogás) na substituição sustentável do óleo diesel em caminhões, e, particularmente, em caminhões de coleta de lixo;
  • Promover uma discussão crítica sobre os resultados colhidos, com perspectivas de curto, médio e longo prazo;
  • Realizar análise crítica final sobre as discussões realizadas e propor decisões que poderão ser tomadas, acoplando elementos de política energética, ambiental e de saúde pública em meios urbanos e em rodovias.

Patrocinador

Gás Natural

Realizadores

IEE – USP e ABRINSTAL

Análise da Substituição da Eletricidade por Gás Natural no Aquecimento de Água Residencial
(2015 a 2016)

Saiba mais...

Objetivo

Este projeto tem por objetivo estabelecer linhas de ação efetivas para inserir e ampliar a participação do GN no deslocamento da eletricidade, particularmente atinentes ao uso de energia para aquecimento de água, vinculado aos estudos e programas de eficiência energética estabelecidos no Brasil, e particularmente no Estado de São Paulo.

Deve-se realizar um conjunto de atividades buscando o estabelecimento de propostas de ações e sugestões para políticas públicas vinculadas aos PPEE 2020, identificando oportunidades regulatórias de incentivo ao aquecimento de água a gás no estado de SP, através da substituição da energia elétrica pelo GN, com o objetivo de potencializar seu consumo.

Meta

As metas do projeto são:

  • Analisar a situação de uso da energia utilizada para aquecimento de água residencial, e o potencial para o GN;
  • Avaliar as soluções tecnológicas disponíveis para aquecimento de água, comparando-as sob o aspecto de eficiência energética local e global;
  • Estudar os cenários de substituição da eletricidade utilizada no aquecimento de água residencial pelo uso do GN, e avaliar os aspectos relevantes do processo de substituição (tecnologia, disponibilidade de GN, infraestrutura, capacitação, economia, eficiência)
  • Realizar estudo de impacto que sustente o estabelecimento e a adoção de ações e políticas públicas para incentivar o aquecimento de água a GN em substituição à eletricidade

Patrocinador

Gás Natural

Realizadores

IEE – USP e ABRINSTAL

Promoção da Eficiência Energética em Arranjos Produtivos Locais (APLs) – Pesquisa para Caracterização das Indústrias e Seus Usos Energéticos e Aderência às Práticas de Gestão de Energia e Eficiência Energética
(2015 a 2016)

Saiba mais...

Objetivo

Realizar estudo sobre alternativas inovadoras de uso industrial do GN no contexto dos APLs, dentro da área de concessão da COMGÁS no estado de SP
.
Meta

As metas do projeto são:

  • Núcleo Tecnológico
    • Identificar usos inovadores do gás natural em APLs localizados na área de concessão da Comgás
    • Identificar soluções energéticas híbridas, combinando o gás natural e diferentes fontes de energia (principalmente as renováveis)
    • Demonstrar que o consumo do GN no setor industrial, dentro dos APLs, ainda tem espaço para crescimento
  • Núcleo Estruturante
    • Investigar modelos de incentivo à gestão da energia no setor industrial, contemplando o uso do gás natural como mecanismo para fomento de soluções inovadoras
    • Avaliar processos de implantação de modelos de gestão da energia em indústrias que utilizam gás natural de forma a identificar cases relevantes
  • Núcleo Político & Estratégico
    • Identificar políticas de ação conjunta (universidade, indústria, governo etc.) para fortalecer a capacidade de utilização inovadora do gás natural em APLs
    • Elaborar plano de ação para difusão das soluções de gestão e tecnologias nos APLs estudados

Patrocinador

Comgás

Realizadores

IEE – USP e ABRINSTAL

Eficiência Energética em Edificações – Análise da Contribuição do Gás LP em Prédios Públicos e de Baixa Renda
(2015 a 2016)
Desenvolvimento de Soluções Tecnológicas para Instalação Interna de GN em Residências Unifamiliares (2014/2015)

Saiba mais...

Objetivo

Este projeto tem como objetivo realizar um estudo sobre alternativas de uso do gás LP em edificações públicas e de baixa renda, vinculadas ao fomento da eficiência energética, e o estabelecimento de estudos de caso que possam servir para difusão da contribuição dos gases combustíveis nos processos de etiquetagem de edificações eficientes.

O projeto também considera o desenvolvimento de ações junto aos Comitês Técnicos responsáveis pela elaboração e implantação da regulamentação técnica, particularmente no atendimento às demandas do GT Edifica e INMETRO, de forma a manter ativo o interesse pelos gases combustíveis enquanto alternativa energética válida para a eficiência nas edificações.

Meta

As metas do projeto são:

  • Identificar os usos do gás LP que contribuam para o aumento da eficiência energética em instalações públicas e de baixa renda;
  • Estabelecer as alternativas tecnológicas para efetiva utilização do gás LP nos usos identificados;
  • Realizar iteração com agentes de mercado (Eletrobrás, Caixa Econômica, entre outros) sobre as demandas específicas a serem atendidas para consolidação das alternativas analisadas;
  • Elaborar dossiê contemplando as principais demandas dos agentes de mercado, relacionadas à utilização do gás LP nas aplicações identificadas;
  • Promover divulgação das alternativas tecnológicas tratadas no dossiê de contribuições do gás LP à eficiência energética de edificações;
  • Monitorar os movimentos associados aos regulamentos técnicos propostos pelo MME e participar da elaboração das propostas de revisão do Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edifícios Eficientes, de forma a manter a posição de destaque do gás LP.

Patrocinador

Sindigás

Realizadores

IEE – USP e ABRINSTAL

Revisão do RIP – Regulamento das Instalações Prediais
(2008 a 2009)

Saiba mais...

O objetivo do presente projeto é promover a revisão do RIP com base nas novas revisões da normas brasileiras de instalações internas de gases combustíveis e adequação de ambientes , bem como atender à demanda de sugestões emitidas pelos agentes e entidades do mercado. Prevê também a disseminação do regulamento de forma interativa e dinâmica com o meio técnico, através de cursos de caráter formativo, de modo que os técnicos possam se atualizar e conceber, projetar e executar as instalações de gás de forma correta e segura.

A revisão do RIP disponibilizará à sociedade um documento atual, de fácil utilização, orientador, com informações importantes sobre as melhores práticas construtivas para a concepção, projeto e execução das instalações de gás.

Patrocinadores

Comgás

Apoiadores

IEE – USP

Projeto e Instalação de Sistema de Aquecimento de Água e Gás&Solar em Edifícios – Parte 1
(2008 a 2009)

Saiba mais...

O objetivo do projeto proposto é desenvolver um conjunto de documentos técnicos, voltados aos arquitetos, projetistas e instaladores de instalações prediais, contendo orientações técnicas que possibilitem a execução de um projeto instalação predial de um sistema de aquecimento de água usando a energia solar & gás natural, alinhado com as melhores e mais eficazes práticas construtivas.

Patrocinadores

Comgás

Apoiadores

IEE – USP

Projeto e Instalação de Sistema de Aquecimento de Água e Gás&Solar em Edifícios – Parte 2
(2009 a 2010)

Saiba mais...

O objetivo deste projeto é desenvolver um manual técnico de sistema de aquecimento de água destinado a edifícios, utilizando-se energia solar com backup a gás natural.

O manual técnico é voltado aos arquitetos, projetistas, instaladores de instalações prediais e fabricantes de equipamentos. Deverá ser elaborado a partir das práticas construtivas utilizadas no Brasil e aprimorado através de uma ampla pesquisa sobre sistemas solar+gás natural / instalações hidráulicas / arquitetura predial a ser realizada nos principais países hoje considerados “vanguarda” no uso da energia solar.

A pesquisa pretende trazer aprimoramentos nas soluções hoje já adotadas no Brasil.

O resultado final do “manual técnico” deve ofertar aos profissionais envolvidos com o setor da construção predial, as orientações técnicas necessárias para a consecução de um projeto de implantação de sistema energia solar/gás natural alinhado com práticas construtivas adotadas na arquitetura de edifícios no Brasil.

O projeto procurará trazer como contribuição o aprimoramento dos sistemas de aquecimento “energia solar & gás natural” através do que melhor hoje é utilizado nos países que detêm tecnologias de ponta na modalidade solar/gás natural.
Pretende-se que o resultado da pesquisa internacional contribua para o aprimoramento da indústria nacional de sistemas solar/gás natural e projetistas, de modo que a oferta desses sistemas ao mercado, torne-se viável econômica e tecnicamente, facilitando-se assim a opção por soluções que envolvam o consumo do gás natural.

Patrocinadores

Comgás

Apoiadores

IEE – USP

Edificação Eficiente e a Contribuição dos Gases Combustíveis
(2009 à 2010)

Saiba mais...

O objetivo deste projeto é analisar os conceitos de Edificação Eficiente e o papel dos gases combustíveis, realizar um teste dos conceitos propostos pelo MME a respeito da legislação vigente e do conceito de Edificação Eficiente, revisar a modelagem utilizada pelo MME, produzindo uma análise crítica sobre a ótica energia elétrica, contida na atual legislação, demonstrar as barreiras que podem ser impostas a uma política de uso dos gases nas edificações e sugerir aprimoramento do Regulamento Técnico das Edificações como contribuição às políticas públicas.

Patrocinadores

SINDIGÁS

Apoiadores

IEE – USP

Livro – Instalações de Gás Natural (Mercado Residencial)
(2010 a 2011)

Saiba mais...

O objetivo do presente projeto é elaborar a versão preliminar do “Livro – Instalações de Gás Natural”, com base na atual versão da norma brasileira de instalações internas de gases combustíveis – NBR15526:2009, focando o estabelecimento de comentários e detalhamento das interpretações a respeito do texto normativo. Prevê também a disseminação do livro através da impressão de 200 exemplares iniciais que possam ser distribuídos pela COMGAS para público de interesse.

A elaboração do “Livro – Instalações de Gás Natural”, numa primeira versão abordando o detalhamento técnicos das instalações internas de gases combustívies nas aplicações residenciais e comerciais, disponibilizará à sociedade um “Handbook” sobre o tema, permitindo um melhor entendimento do público técnico e acadêmico das informações sobre as melhores práticas construtivas para a concepção, projeto e execução das instalações de gás natural.

Patrocinadores

Comgás

Apoiadores

  • IEE – USP
Análise Comparada da Norma Técnica sobre Instalação de Aparelhos Gás e Adequação de Ambientes – NBR13103
(2010 a 2011)

Saiba mais...

O objetivo do projeto proposto é realizar uma análise da norma de instalação de aparelhos a gás brasileira, NBR 13103:2006, com base em normas internacionais de países com grande tradição no uso de aparelhos a gás, e desenvolver uma proposta para um novo texto normativo.

O projeto apresenta como novo, um estudo comparativo entre a NBR 13103 e as principais normas
técnicas de importantes países cuja tradição no uso do gás natural se destaca.

Os principais itens da NBR 13103 serão selecionados; sobre eles será elaborada uma comparação com o que tratam as normas internacionais. O resultado será um documento referência para a próxima revisão da própria Norma Brasileira, permitindo o estabelecimento de novos requisitos e a atualização do padrão formal vigente. Servirá como subsídio embasado para uma deliberação técnica.

Este documento referência deverá contribuir para alterações a serem incorporadas no RIPComgas _ Regulamento de Instalações Prediais.

Patrocinadores

Comgás

Apoiadores

IEE – USP

Edificação Eficiente e a Contribuição dos Gases Combustíveis
(2010 a 2011)

Saiba mais...

Este projeto tem como objetivo dar continuidade ao acompanhamento das regulamentações técnicas vinculadas ao Programa de Eficiência Energética em Edificações, identificando o papel dos gases combustíveis na busca da eficiência energética das edificações.

Contempla o desenvolvimento de ações pró-ativas no suporte aos Comitês Técnicos responsáveis pela elaboração e implantação da regulamentação técnica de forma a manter ativo o interesse pelos gases combustíveis enquanto alternativa energética válida para a eficiência nas edificações.
Visa ainda demover as barreiras que podem ser impostas a uma política de uso dos gases combustíveis nas edificações, sugerindo aprimoramento contínuo dos Regulamentos Técnicos das Edificações como contribuição às políticas públicas dos governos municipais, estaduais e federal.
As metas do projeto são:

  • Desenvolver ações para avaliação e estabelecimento dos conceitos de Edificação Eficiente no país;
  • Demonstrar o papel dos gases combustíveis na busca da eficiência energética das edificações;
  • Analisar sistematicamente os regulamentos técnicos propostos pelo Governo Federal através do MME e do programa de Etiquetagem de Edifícios Eficientes;
  • Estabelecer propostas para atualização e revisão periódicas do Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações Eficientes de forma a introduzir o papel dos gases combustíveis;
  • Participar dos fóruns técnicos para estabelecimento e implantação vinculados ao Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações Eficientes.

Patrocinadores

SINDIGÁS

Apoiadores

IEE – USP

Estudo sobre a utilização de soldagem capilar em sistemas de tubos de cobre para pressões superiores a 7,5 kPA
(2011 a 2012)

Saiba mais...

O objetivo deste projeto contempla o desenvolvimento de estudo sobre a realização de acoplamento em sistemas de tubulação de cobre classes A e E através dos processos de soldagem e brasagem capilar, particularmente com relação aos seus requisitos de desempenho.

A pesquisa pretende trazer questionamento e reflexão sobre as soluções hoje adotadas no Brasil.

O resultado final do projeto deve oferecer um conjunto de informações a respeito de requisitos, métodos de ensaio e avaliações sobre mecanismos de conexão a serem utilizadas em sistemas de tubulação de cobre, particularmente no que diz respeito às verificações do processo de soldagem.

Patrocinador

Comgás

Realizadores

IEE – USP e ABRINSTAL

Treinamento sobre “Sistemas de Aquecimento Solar & GN para Edifícios”
(2011 a 2012)

Saiba mais...

O objetivo do projeto é capacitar os profissionais da construção civil sobre o conteúdo do “Manual Técnico para Construção de Sistemas de Aquecimento de Água Utilizando-se a Energia Solar & Gás Natural”.

Pretende-se efetuar o treinamento de profissionais sobre o “Manual Técnico Solar & GN”, de forma interativa e dinâmica, através de cursos de caráter formativo, de modo que tais profissionais estejam habilitados a conceber, projetar e executar, de forma correta e segura, esses sistemas.

Patrocinador

Comgás

Realizadores

ABRINSTAL e IEE USP

Pesquisa de novas tecnologias aplicadas ao monitoramento de elementos da Rede de Distribuição de Gás Natural – Roadmap Sistemas de Supervisão
(2011 a 2013)

Saiba mais...

Este projeto tem como objetivo realizar um “Roadmap” sobre componentes físicos dos Sistemas de Supervisão e Controle aplicáveis ao monitoramento e controle de elementos da rede de distribuição de gás natural, incluindo City-Gates, ERP’s, CRM’s e proteção catódica.

Prevê a busca das melhores tecnologias e práticas internacionais, de forma a verificar os melhores padrões aplicáveis aos sistemas SCADA utilizados atualmente no monitoramento e supervisão da distribuição do gás natural.

Patrocinador

Comgás

Realizadores

ABRINSTAL e IEE USP

CÁTEDRA DO GÁS – Conservação e racionalização – Divulgação e Conscientização
(2011 a 2013)

Saiba mais...

Este projeto tem por objetivo propiciar à sociedade espaço contínuo e permanente de reflexão sobre os papéis do gás natural no Brasil e no mundo;

Como meta, pretende-se identificar barreiras (incluindo culturais e tecnológicas) enfrentadas pelo gás natural e algumas das estratégias para superá-las

O projeto contempla também expandir a divulgação do papel do gás natural na matriz energética, provendo informações sobre seus benefícios e cuidados exigidos.

Patrocinador

Comgás

Realizadores

IEE – USP e ABRINSTAL

O gás LP e a eficiência energética
(2012 a 2014)

Saiba mais...

O projeto tem por objetivo realizar o desenvolvimento de dossiê técnico que possa ser utilizado para orientar profissionais do mercado da construção civil quanto aos aspectos do uso de gases combustíveis no processo de etiquetagem de eficiência de prédios públicos, comerciais e residenciais.

Também contempla o desenvolvimento de ações de suporte ao GT Edifica, responsável pela elaboração e implantação da regulamentação técnica aplicável, de forma a manter ativo o interesse pelos gases combustíveis enquanto alternativa energética válida para a eficiência nas edificações.

Com relação ao Plano Nacional de Eficiencia Energética (PNEf) o objetivo projeto contempla a realização de análise sobre a contribuição do gás LP e a sua participação no deslocamento da eletricidade nos diversos usos potenciais para o gás.

Visa também demonstrar as barreiras que podem ser impostas a uma política de uso dos gases combustíveis em diversas aplicações, como contribuição às políticas públicas dos governos municipais, estadual e federal.

Patrocinador

SINDIGÁS

Realizadores

ABRINSTAL e IEE USP

Saiba mais...

O projeto tem por objetivo desenvolver um “Manual de Eficiência” para orientar os profissionais do mercado das novas construções, que têm interesse em que seus projetos alcancem o selo de Etiquetagem de Eficiência em Edifícios Residenciais à luz da regulamentação vigente do INMETRO, utilizando o gás natural.

O “Manual de Eficiência” orientará como implantar os sistemas de aquecimento de água a gás natural nas edificações, de forma a incentivar o empreendedor a pensar primeiramente no gás natural como opção energética e conseguir a etiquetagem de seu empreendimento.

O “Manual de Eficiência” estará voltado a orientar arquitetos, projetistas e construtores e deve ser elaborado a partir das melhores práticas construtivas utilizadas no Brasil, considerando os diversos tipos de sistemas de aquecimento de água a gás disponíveis.

O resultado final deste “Manual de Eficiência” deve ofertar aos profissionais envolvidos com o setor da construção predial, as orientações técnicas necessárias para a consecução de um projeto de sistema de aquecimento de água a gás natural que potencialize a obtenção do mais alto nível de eficiência da edificação, alinhado com as boas práticas construtivas adotadas na arquitetura de edifícios no Brasil.

Patrocinador

Comgás

Realizadores

ABRINSTAL e IEE USP

O Gás LP e a Eficiência Energética – Regulamentação de Edifícios Eficientes
(2014)
Manual para orientar profissionais sobre a etiquetagem de eficiência em edifícios residenciais
(2012 a 2013)

Saiba mais...

O trabalho tem como objetivo realizar a divulgação dos aspectos da regulamentação de edifícios eficientes e fomentar sua adoção mais efetiva no país. Prevê-se a utilização do material técnico, anteriormente desenvolvido, para orientar e capacitar os profissionais do mercado da construção civil quanto aos aspectos do uso de gases combustíveis no processo de etiquetagem de eficiência de prédios públicos, comerciais e residenciais.

Também contempla o desenvolvimento de ações pró-ativas no suporte aos Comitês Técnicos responsáveis pela elaboração e implantação da regulamentação técnica, particularmente no atendimento às demandas do GT Edifica e Inmetro, de forma a manter ativo o interesse pelos gases combustíveis enquanto alternativa energética válida para a eficiência nas edificações.

As metas definidas para o trabalho são:

  • Realizar a disseminação dos conceitos e critérios para etiquetagem de eficiência das edificações, aplicáveis aos sistemas de aquecimento de água através da aplicação de workshops em nível nacional
  • Analisar sistematicamente os regulamentos técnicos propostos pelo Governo Federal através do MME e acompanhar as propostas de revisão do Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edifícios Eficientes, de forma a manter a posição de destaque do gás LP

Patrocinador

Sindigás

Realizadores

ABRINSTAL e IEE USP

O Gás LP e a Eficiência Energética – Plano Nacional de Eficiência Energética
(2014)

Saiba mais...

Este projeto tem por objetivo avançar no estabelecimento de linhas de ação efetivas para inserir e ampliar a participação do gás LP no deslocamento da eletricidade, particularmente atinentes ao uso de energia para aquecimento de água, vinculado aos programas de eficiência energética estabelecidos no Brasil.

Deve-se realizar um conjunto de atividades buscando o estabelecimento de políticas públicas vinculadas ao PNEf, dando continuidade ao relacionamento com o governo federal (através da interlocução com o MME), identificando oportunidades regulatórias de incentivo ao aquecimento de água a gás no país através da substituição da energia elétrica pelo gás LP.

Destaca-se recomendação para o estabelecimento de ações complementares de sustentação e aprimoramento do uso do gás LP nas soluções de aquecimento de água, observando-se os principais aspectos de barreiras identificados nos estudos anteriormente realizados, definindo-se pilares estratégicos associados a tais ações, quais sejam: projetos, normalização, equipamentos e instalações. Tais aspectos não serão abordados neste projeto.

As metas do projeto são:

  • Realizar estudo de impacto que sustente o estabelecimento e a adoção de estrutura regulatória que venha incentivar o aquecimento de água a gás LP em substituição à eletricidade
  • Desenvolver interface técnico – política junto ao MME para apresentação dos estudos a serem realizados, sustentação das conclusões apresentadas e desenvolvimento de ações conjuntas de implantação das políticas sugeridas

Patrocinador

Sindigás

Realizadores

IEE – USP e ABRINSTAL

Auxílio à Pesquisa – Gás LP
(2014/2015)

Saiba mais...

O Auxílio à Pesquisa Sindigás / ABRINSTAL / IEE-USP tem como objetivo contribuir com a formação de profissionais capacitados para atuar no setor de gás LP, e de estimular a visita de pesquisadores experientes, vinculados a instituição de pesquisa do exterior ou do Brasil, ao Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo.

O Auxílio à Pesquisa para pesquisador visitante júnior e sênior destina-se a cobrir, total ou parcialmente, as despesas referentes a um período contínuo e não superior a um ano. O objetivo principal é viabilizar a participação de pesquisadores no desenvolvimento de projetos de pesquisa, em andamento ou a ponto de serem iniciados, apoiados pelo Sindigás e coordenados pela ABRINSTAL e o IEE-USP.

Através deste Auxílio à Pesquisa, o Sindigás almeja promover o desenvolvimento de atividades acadêmicas condizentes aos seus interesses, estimulando a sinergia entre a indústria, as Instituições de Ensino e os futuros especialistas do setor.

Patrocinador: Sindigás

Realizadores: IEE – USP e ABRINSTAL

Saiba mais...

Objetivo

Realizar um estudo técnico de soluções e padrões de projeto e execução para abrigo de medidores e rede de distribuição interna de GN em residências unifamiliares.

Meta

Como meta será desenvolvida uma especificação técnica, a qual será a ferramenta utilizada pelos profissionais que hoje atuam no desenvolvimento de projetos e execução de instalação das redes internas de gás natural em residências unifamiliares.

Outra meta prevista será desenvolver uma metodologia de cálculo de custos padrões para os serviços de instalação das redes internas de distribuição do gás natural, nesses tipos de aplicação.

A especificação técnica deve contemplar as soluções para as redes de distribuição interna em casas unifamiliares, incluindo:

  • Detalhes dos sistemas de uso do gás natural (cocção e aquecimento de água) e sugestão para sua localização;
  • Desenhos e esquemas das alternativas para as redes de distribuição interna de gás natural;
  • Desenhos e esquemas das alternativas para instalação de medidores;
  • Modelos de planilhas de cálculo necessários para o projeto;
  • Detalhes de interligação hidráulica, no caso de sistemas de aquecimento de água; e
  • Exemplos práticos através das configurações de sistemas selecionados.

O projeto se baseará nas soluções desenvolvidas a partir dos equipamentos para cocção e aquecimento de água hoje existentes no mercado brasileiro.

Patrocinador: Gás Natural

Realizadores: IEE – USP e ABRINSTAL